Rádio Web Acanguaçu

sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Homem é preso por manter a companheira em cárcere privado em Pelotas

Foto: Polícia Civil 

T.M.G., de 37 anos, que mantinha companheira em cárcere privado, em Pelotas, é preso em flagrante por violência doméstica.

Mulher foi encontrada presa e gravemente ferida.

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Pelotas, deteve em flagrante, na manhã desta sexta-feira (9), T.M.G., de 37 anos, por violência doméstica. Após denúncias anônimas sobre um possível cárcere privado, os Polícias Civis foram até a residência, onde encontraram a vítima presa, gravemente lesionada e encolhida em um canto da casa.

De acordo com a titular da Deam, delegada Maria Gentilini, o preso possui diversos antecedentes por tentativa de homicídio, atentado violento ao pudor, lesão corporal, ameaça e perturbação da tranquilidade. “A prisão dele ressalta a importância da denúncia na Deam. Nós recebemos e averiguamos, dando procedimento as mesmas”, ressaltou.

A vítima foi conduzida ao Pronto-Socorro de Pelotas (PSP) e, por segurança, deverá sair da cidade.

Segundo a Deam, T.M.G. tem diversos antecedentes criminais por tentativa de homicídio, estupro, atentado violento ao pudor, lesão corporal, ameaça, e perturbação da tranquilidade. Ele foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) e em seguida ao Presídio Regional de Pelotas (PRP).

A delegada Maria Angélica reforça a importância das denúncias nos casos em que envolvem violência doméstica. "Todas que são de competência da Deam imediatamente são despachadas viaturas para averiguações. Não é possível ficar calado diante de um cenário em que uma mulher está sendo agredida ou ameaçada", afirmou.



 #Deam_Pelotas